Buldogue Francês

          

Tamanho: 10  – 12kg, 30 – 31cm

 

Cuidados  com a pelagem: fácil

Adestramento: médio

Cores: fulvo, malhado, vermelho tigrado, preto tigrado       
           

No  séc. XIX, o buldogue existia na Grã-Bretanha em um só tamanho e os cães  pequenos eram marginalizados. A raça encontrou mais liberdade na França, onde  se desenvolveu este pequeno companheiro travesso e entusiástico. Tornou-se uma  espécie de acessório da moda, bem como companheiro favorito de açougueiros e  cocheiros. A raça foi reconhecida primeiro nos EUA, onde ainda é popular. Os  problemas oculares e respiratórios associados á face curta tornam a raça  potencialmente cara e sua quantidade hoje está reduzida. É susceptível a  superaquecimento, sendo recomendável carregar água para saciar a sede durante  caminhadas em climas quentes.


           

Mudança  de papéis


            A  maior popularidade do buldogue na França ocorreu há mais de 100 anos, quando  Degas e Toulouse-Lautrec pintaram-no e Colette escreveu sobre o cão dela.  Diferentemente do parente inglês maior, cuja origem era bull-baiting, foi criado como rateiro. Pouco resta da agressão  hereditária da raça e o buldogue francês é um cão de estimação afetuoso,  brincalhão e de confiança.