• Nossa História

Clínica AnimalPet

Nossa história Nossa história

Em 1989, surge a Agromel com o objetivo de trabalhar com alimentos, medicamentos, materiais e tudo mais, relacionado com os animais. Nesse contexto, além da paixão pelos animais ser determinante até para a abertura da loja, a cada dia foi havendo uma maior aproximação com os animais.

A venda dos produtos foi despertando a necessidade de ampliar o nicho, surgindo assim a necessidade de ter profissionais mais específicos, então contratamos um responsável técnico, médico veterinário. Seguindo esse caminho, foi surgindo a oportunidade de estudo de dois filhos do fundador, onde ambos cursaram medicina veterinária.

Em 2001, inaugura-se o consultório veterinário, no mesmo prédio da Agromel, numa sala de 8 metros quadrados, onde trabalhava um veterinário e um assistente. Em 2002 o médico veterinário aperfeiçoa-se num curso de pós-graduação em clínica e cirurgia e surge a clínica veterinária Animalpet, num espaço de 94 metros quadrados, com quatro funcionários, sala de cirurgia e canil de internação.

Em 2007, a clínica é ampliada, com uma área total de 388 metros quadrados, com quatro salas de atendimento, sala de radiografia, laboratório clínico, vagas para 45 animais, centro cirúrgico. Em 2011 é ampliada para um total de 484 metros quadrados, com salas de banho e tosa, apartamento para plantonista e mais 25 vagas para animais.

Uma equipe formada por cinco médicos veterinários, cinco assistentes e quatro tosadores que se dividem nas funções: busca e entrega, atendimento em domicilio, cuidados com os animais internados, cirurgias, atendimento de emergência e realização de exames laboratoriais.

Além disso, possui como anexo, a agropecuária Agromel, com amplo espaço de 725 metros quadrados uma equipe de 14 funcionários e com milhares de itens destinados aos animais.

Missão

Exercer a medicina veterinária, a fim de prevenir enfermidades, tratar as já existentes, conscientizando, respeitando e se unindo ao proprietário a fim de proporcionar não somente a cura, mas uma melhor qualidade de vida aos seus animais. Exercer cidadania, instruindo as pessoas a não abandonar, não maltratar, e agir, no que se diz respeito aos animais abandonados, favorecendo com que eles encontrem um lar.